Nosso Blog

A decepção de um Tchau, Obrigado!

A decepção de um Tchau, Obrigado!

Ser Consultor Empresarial é um desafio diário! E nessa jornada lidamos com alegrias, como o fechamento de um novo projeto, receber indicações e entregar resultados para os clientes.

Porém, assim como em qualquer outra profissão na vida, acontecem algumas decepções que precisamos lidar e isso dói demais! Dói quando o potencial cliente fecha o negócio e logo em seguida recua antes da assinatura do contrato, dói quando o cliente não implementa as ações decididas em conjunto.

Agora se tem uma que me consome por dentro, é quando o cliente cancela o contrato para reduzir custos e do nada, sabe? Aquele… TCHAU, OBRIGADO!

Eu fico louco temporariamente! Afinal você foi um dos grandes responsáveis pelo crescimento e resultado da empresa, provavelmente o investimento que ele ainda teria no seu projeto já se pagou várias vezes com o que você entregou. Ahhhh! E detalhe para apimentar ainda mais, o problema dos custos não estão atrelados a você, ou seja, o seu papel, o seu resultado prometido e o seu trabalho você está fazendo com excelência, maaaaaaaaaaaaaas.... a corda tem que arrebentar para algum lado.

As vezes que eu passei por isso, o que eu fiz? Lutei!

É claro que no primeiro momento me incomoda demais! Mas logo na sequência, ainda na conversa com o cliente, eu já sou incisivo em me posicionar contrário a decisão, defender o meu trabalho, lutar pela continuidade do projeto! Eu não gosto de sair na metade do jogo! E reforço para o empresário, não vai ser você cortando a consultoria que irá resolver a situação. Se ele realmente quer “reduzir custos”, então que faça isso dentro de coisas que não estão entregando resultados, concorda comigo?

EM RESUMO: eu sempre mostro pra ele que eu ajudo a ele ganhar dinheiro e que o meu “custo” - investimento - se paga com x, y e z. “Olha a evolução que tivemos, o que já fizemos e tem muita mais!”

NA GRANDE MAIORIA DISPARADA DAS VEZES EU CONTORNO A SITUAÇÃO.

Agora quando eu não consigo reverter, tenho alguns momentos de decepção, tristeza, mas isso passa logo quando eu respondo algumas perguntas:

  1. Por que eu faço o que eu faço? Para fazer a diferença na vida das pessoas e empresas.
  2. Qual a diferença que eu fiz para aquela empresa? Aumentei o faturamento em mais de 30%, criei um time comercial e implementei muita coisa nova!
  3. Fiz o meu melhor? Com certeza!!!

Quando eu me conecto com essas respostas alivia um pouco a minha dor momentânea e dá espaço para um sentimento de “GRATIDÃO” até pelo cliente, é claro, ele me deu a oportunidade e também reconheço a mim mesmo pelo trabalho.

Eu aprendi ao longo da vida que não temos que chorar ou xingar por aquilo que se foi, mas sim agradecer pelos momentos que passamos juntos. Você, você mesmo….

Em algum momento se lidar com uma situação com essa, faça uma coisa por nós consultores:

LEVANTA ESSA CABEÇA AÍ E BORA LÁ CONQUISTAR ESSE MUNDÃO!

Tem muitas empresas que estão precisando de você, vida que segue e vamos para a próxima oportunidade/desafio.

Você já passou por situações como essa? Compartilha aí como foi?

Gostou desse texto? Então deixe os seus comentários, isso faz toda a diferença pra nós!

Para otimizar sua experiência durante a navegação, fazemos uso de cookies. Ao seguir com a navegação e visita consideramos que você está de acordo com nossa Política de Privacidade. Aceitar
Ser Consultor Empresarial